Shiseido: a beleza que faz sentido

Ouibelle esteve no Japão e passou um dia inteiro aprendendo e entendendo o que realmente está por dentro de cada potinho dos incríveis produtos da marca japonesa Shiseido. Spolier: não são apenas os ativos tecnológicos que fazem a marca ser tão eficiente. Vem ver o que descobrimos.

Por Giuliana Cury

Impressionante. Isso é o mínimo que podemos dizer do prédio vermelho que fica na esquina da avenida Chuo, no sofisticado bairro Ginza, em Tokyo. É lá que fica a Shiseido Parlour, com sua pâtisserie finíssima (sim, doces de dar água na boca e encher os olhos com tanta belezura!), seu sofisticado e delicioso restaurante e o museu. Sim, tudo Shiseido. Cremes, maquiagem, produtos de beleza? Nenhum. Neste prédio, a beleza é celebrada e vivenciada de outro jeito.

Foi neste ambiente, durante um almoço com a Gerente Global de Treinamento da marca, Kyoko Morita, e a RP, Mai Beppu, que descobrimos a verdadeira essência da Shiseido. Foi ali, em volta de uma mesa, assistindo o maître preparar uma Ceasar Salad à moda da casa, observando a reverência e o respeito com que ele tratava os alimentos, misturava os temperos, contava suas histórias e servia o prato para cada uma de nós, que fomos entendendo a filosofia da marca.

Em sentido horário, começando pela esquerda: Giuliana Cury, Mônica Kato, Mai Beppu (RP da Shiseido), Kyoko Morita (Gerente Geral de Treinamento da Shiseido e Meiko Akiyama (tradutora).

A beleza mora nos detalhes. A beleza mora no respeito. A beleza mora nas pequenas coisas que nos fazem sentir alegria. “Nós não queremos apenas ajudar as mulheres a se sentirem bonitas. Nós queremos ajudá-las a sentir a beleza de viver, de se sentirem felizes e realizadas”, nos contou Kyoko, enquanto apontava o arranjo de flores da mesa. Um singelo adorno de uma flor amarela com ramos verdes. “Nós, japoneses, percebemos a beleza de uma forma simples, mais para minimalista. Entendemos que o mais importante, o mais bonito mesmo, é a intenção por traz de cada gesto, de cada cuidado de beleza. A verdadeira beleza não é visível. Ela vem de dentro.”

Corta para o mesmo dia, só que um pouco mais cedo.

Tivemos o privilégio de vivenciar um tratamento de beleza no Salon & Spa da Shiseido na parte da manhã. O spa fica em outro prédio, também no bairro de Ginza. Em vez de nos depararmos com uma decoração ultrassofisticada, o que encontramos ali foi um espaço na melhor descrição do chic & simple. Acolhedor e eficiente. As atendentes se preocupavam o tempo todo com o que estávamos sentindo. A experiência de ser tocada e mimada é inexplicável. Claro que a Future Solution Mask é sensacional (a pele ganha um glow imediato e duradouro!). Mas a sensação de bem-estar, de felicidade de estar sendo cuidada foi o que realmente fez a gente se achar mais bonita quando se olhou no espelho depois do tratamento.

Uma das salas de tratamento do Salão & Spa Shiseido: cuidado nos detalhes.

Essa experiência voltou à minha mente enquanto ouvíamos a Kyoko falar daquilo que é realmente importante para a Shiseido. Aí tudo ficou mais claro, mais evidente. E fez todo sentido.

Tecnologia a serviço da simplicidade

Pode parecer contraditório, mas é exatamente isso que faz a Shiseido ser tão diferente. Eles usam toda a tecnologia para entender e extrair das plantas o que elas possuem de melhor para ajudar na beleza e, então, colocar nos produtos. É complicado demais conseguir o benefício de longevidade da raiz Enmei? Então eles usam a tecnologia para simplificar a nossa vida e colocam esse ativo dentro de um creme.

É praticamente impossível proteger a pele dos danos causados pela poluição, pelos raios UV e pela luz azul, que acabam com a saúde e beleza da pele? A Shiseido pesquisa e desenvolve ativos para proteger e melhorar a imunidade da pele (aliás, o produto Ultimune nasceu justamente de um pedido de consumidoras).

O Ultimune, que levou 20 anos para ser desenvolvido, e a nova versão do Future Solution LX, com sua caixa-origami

Sim, é o jeito japonês de fazer as coisas: eles têm um trabalhão danado para desenvolver aquele produto que chega às nossas mãos, de aparência e uso tão simples, mas de extrema eficiência.

E isso me faz voltar àquele almoço especial e revelador. Enquanto preparava a salada, o maitre, com aquele jeito delicado e educado tão característico dos japoneses, foi contando porque aquele era um campeão de pedidos. “Para nós, os ingredientes são muito importantes. Precisam ser os mais frescos possíveis. O cuidado em preparar o molho na hora, misturando cada um dos condimentos na velocidade certa, também ajuda a extrair o melhor sabor deles. E o tempo que dedicamos para preparar o prato na frente do cliente é um sinal de respeito e reverência ao convidado.”

O assunto era gastronomia. Mas o conceito é universal da Shiseido. É assim que eles trabalham em todas as suas áreas de atuação. Excelência nos ingredientes usados. Tecnologia de ponta para manipular as fórmulas. Dedicação, respeito e reverência ao cliente. Não tem como dar errado. Tanto que eles vêm acertando há 145 anos. Por favor, não mudem a receita.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here