Cruelty free X Vegano

Você sabe a diferença entre cosmético cruelty free X vegano? Os dois termos andam aparecendo direto nos rótulos dos produtos. Vem entender melhor!

No dia 1o. de novembro foi celebrado o Dia Mundial do Veganismo. Além da alimentação, esse estilo de vida vem ganhando espaço na indústria cosmética. Embora cada vez mais se fale sobre o assunto, ainda há muita confusão entre o que é um produto vegano e o que é um produto cruelty-free.

Nada de origem animal

“Os veganos não utilizam matérias-primas de origem animal, o que não significa que ele seja natural ou orgânico. Ele pode ser inteiramente sintético e, ainda assim, continuar sendo vegano”, explica Patricia Lima, fundadora da Simple Organic, marca de cosméticos naturais, orgânicos, veganos e cruelty-free.

Sem testes em animais

A expressão cruelty-free, por sua vez, vem do inglês e significa “sem crueldade”. Dessa forma, os cosméticos que compõem essa categoria não realizam testes em animais. Todavia, isso não significa que não há matérias-primas provenientes de origem animal em sua composição. “Ou seja, é possível ser cruelty-free, sem ser vegano”, acrescenta a empresária.

 

1 Batom Hard to Get, Face It, R$ 74

A Face It Natural, carioca e vegana, lança linha de batons para o verão em prol da PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), maior organização do mundo  que luta pelos direitos dos animais sem fundos lucrativos. A ação faz parte  da campanha Better Kiss than Kill. O batom tem acabamento matte aveludado e ingredientes naturais e orgânicos livre de toxinas e sem gluten: cera de candililla, extrato de semente de damasco, manteiga de cacau orgânica, óleo de semente de rícino orgânico, palmitato de octila, vitamina E ,extratos vegetais e minerais. Não contém PEG, chumbo, alumínio, cádmio, metais pesados, sulfato, parabenos, derivados de petróleo, silicone, fragrâncias e corantes de origem sintética.

2 Biosole AV, Ada Tina, R$ 127

Protetor solar com ácido hialurônico e textura levíssima à base de água, ideal para peles oleosas e com tendência à acne. Previne o envelhecimento, oferece hidratação oil free e 12 horas de proteção. A marca italiana de dermocosméticos lançou a campanha Never Tested – Contro i Teste Sugli Animali, posicionando-se contra testes de produtos e ingredientes cosméticos em animais e convidando seus consumidores e parceiros a defender essa causa. O produto é livre de parabenos e de óleos minerais. A ADA TINA não utiliza ingredientes de origem animal ou que sejam produzidos em qualquer processo que envolva o sofrimento deles. Na Beleza na Web.

3 New Charity Pot, Lush, R$ 33

Loção corporal sem nenhum ingrediente de origem animal e feita sem testes em animais. Nutritivo e poderoso, contém óleo de oliva, de jojoba orgânico e de moringa, manteiga de cacau e de karité.

4 BBcream, Simple Organic, R$ 129

Disponível em três tonalidades (light, medium e dark), esse bálsamo da marca de cosméticos naturais, orgânicos, veganos e cruelty-free contém salvia esclareia em sua fórmula, um verdadeiro condicionador cutâneo natural.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here